Publicidade

Publicidade

24/08/2012 - 23:29

Jarbas Homem de Mello dirige musical infantil que estreia no Teatro GEO

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"O Chapeleiro Maluco", texto de Walter Jr., música de Charles Dalla e direção de Jarbas Homem de Mello

SÃO PAULO – Sábado (25) é data duplamente recheada de festividade e responsabilidade para a carreira de Jarbas Homem de Mello: o ator volta a capital paulista como o MC de Cabaret, personagem que lhe rendeu indiacação ao Prêmio Shell de Teatro, e estréia como o diretor do musical O Chapeleiro Maluco que inaugura o horário para as crianças do Teatro GEO.

Pedro Bosnich é "O Chapeleiro Maluco"

Dos mesmos produtores do musical O Fantasma da Máscara, O Chapeleiro Maluco, de Walter Jr. Inspirou-se na saga de Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carrol, para criar a história em que a garota, interpretada por Mariana Lilla, precisa retornar ao país das maravilhas, após receber um aviso do gato sorridente, e desvendaro mistério do sumiço de uma coleção de chapéus pertencente ao Chapeleiro Maluco (Pedro Bosnich) que anda assoberbado com a criação de chapéus, a organização de um desfile, além da manutenção de seu estoque de chás e guloseimas.

Tudo isso debaixo da ira da mal-humorada e invejosa Rainha de Copas (Rejani Humphreys) que insiste em cortar as cabeças de todos, caso a coleção não apareça. Começando pela dele. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): DESTAQUE, Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,
08/10/2010 - 02:58

RockAntygona: Tragédia grega de cara nova

Compartilhe: Twitter

Adriano Oliveira, especial para o Aplauso Brasil

Luís Melo é Creonte em adaptação de "Antígona"

O diretor Guilherme Leme dá cara nova ao texto da tragédia grega Antígona, de Sófocles. Durante dois anos, Leme buscou um novo projeto, até que conseguiu e trouxe uma encenação moderna que conta com a participação do ator Luis Melo. A cidade do Rio de Janeiro já conferiu a atração. Agora é a vez da terra da garoa, São Paulo, prestigiar o espetáculo RockAntygona.

A trama conta a trajetória de Antígona, protagonizada pela atriz Miwa Yanagizawa, que deseja enterrar o seu irmão Polinice, o qual atentou contra a cidade de Tebas. Porém, o tirano Creonte (Luís Melo) impede que os mortos, que atentaram contra a cidade, fossem enterrados. Uma ofensa para a família do morto. A heroína Antígona desafia as leis e enterra o irmão, sendo depois capturada e condenada à morte por Creonte. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , , , ,
21/09/2010 - 19:40

Mais uma excelente comédia nos palcos paulistanos

Compartilhe: Twitter

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

Henrique Stroetter, Dan Stulbach e Danton Melo

Alexandre Reinecke e Clara Carvalho estão com uma nova comédia em cartaz. A dupla que já traduziu e adaptou sucessos como Toc Toc e Adorei o Que Você Fez, agora, nos traz 39 Degraus, ambas dirigidas por Reinecke. Uma excelente comédia escrita por Patrick Barlow, cuja história foi retirada  do filme de mesmo nome de Alfred Hitchcock.


No espetáculo 39 Degraus não é esboçada uma psicologia das personagens. O texto se propõe a ser mais um tour de force, onde os os atores obedecem a uma agilidade e uma mecânica que lembra o vaudeville.

Na trama,um homem é acusado injustamente de um assassinato. Esse é o mote para que o protagonista passe pelos mais diversos apuros e encontre um desfile de tipos inusitados.

Coube a Dan Stulbach o papel deste herói meio “torto”. Dan é um ator que se consagrou em papéis dramáticos como o Clausewitz de Novas Diretrizes em Tempos de Paz. Agora, ele se arriscou na comédia e saiu vitorioso. È visível o prazer que ele mostra ao entrar nesta brincadeira rigorosa cheia de fugas,perseguições e corridas. Fabiana Gugli é outra que se revela uma grande comediante no seu revezamento de papéis. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , ,
27/08/2010 - 19:03

Dan Stulbach protagoniza comédia em homenagem a Hitchcock

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Peça homenageia Hitchcock

Sucesso na Broadway, em Nova Iorque, e no West End, em Londres, onde está, simultaneamente, em cartaz, 39 Degraus (The 39 Steeps) estreia amanhã, 21h, no Teatro do Shopping Frei Caneca.

Trata-se de uma comédia de suspense escrita por Patrick Barlow em homenagem ao mestre do suspense, o cineasta inglês Alfred Hitchcock (1899-1980), que leva o nome de uma de suas obras-primas, 39 Degraus, dos anos 1930, com um forte tempero de humor.

Dan Stulbach interpreta o sedutor Richard Hannay que leva a agente secreta alemã, Annabella Schimit (Fabiana Gulli) e, na manhã seguinte, ela aparece assassinada. Esse é o estopim para que comece a fugir da polícia que o temo com único suspeito, além de seguir as pistas reveladas por Annabella, salvar a Inglaterra e livrar-se da acusação. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
14/01/2010 - 18:30

Um genial autor canadense na mão de três mestres do teatro brasileiro

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, especial para o Último Segundo (michelfernandes@superig.com.br)

Emílio de Melo e Fernando Eiras em <i>In On It</i>

Emílio de Melo e Fernando Eiras em In On It

O título dessa matéria pode soar como exagero aos que desconhecem o trabalho desses três artistas ímpares do teatro nacional – o diretor Enrique Diaz e os atores Emílio de Melo e Fernando Eiras –, entretanto a parceria com o dramaturgo canadense Daniel MacIvor, em In On It, há de deixar evidente a excelência dessas quatro figuras e que o título nada mais faz do que jus ao trabalho. A peça, produção de Diaz, chega com pé direito à temporada paulistana, a partir desta quinta-feira (14), para convidados, e sexta-feira (15), para o público em geral, ambos os dias às 21h30, no Teatro Faap.

Autor e roteirista de extrema importância na cena dramática canadense, In On It é o primeiro texto de Daniel MacIvor encenado no Brasil e nos revela um domínio impressionante da carpintaria dramatúrgica. Digo isso com a convicção de quem assistiu ao espetáculo no Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto (FIT SJRP), em julho de 2009.

“O autor tem muito precisão na matemática estrutural do espetáculo”, aponta o diretor Enrique Diaz que atuou no papel de Fernando Eiras – que se recuperava duma cirurgia no apêndice –, no FIT SJRP. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , ,
Voltar ao topo