Publicidade

Publicidade

08/12/2010 - 04:50

Antunes Filho segundo Sebastião Milaré

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Depois de um lançamento para aqueles que estiveram na primeira edição do Mirada, Festival Ibero-Americano promovido pelo SESC SP, o livro “Hierofania – O Teatro Segundo Antunes Filho”, de Sebastião Milaré, ganha hoje, a partir das 19h, lançamento na sede do CPT, o Centro de Pesquisa Teatral, espaço sagrado em que Antunes Filhos e seus discípulos criam pérolas das artes cênicas.

O dramaturgo Samir Yazbek, os atores Juliana Galdino e Lee Taylor estarão presentes nesta noite de festa. Protagonistas de espetáculos de grande repercussão dos últimos anos como “Medéia 2”, “Foi Carmen”“A Pedra do Reino” e “Senhora dos Afogados”, os atores são fontes imprescindíveis, segundo aponta Sebastião Milaré nos agradecimentos do livro.

Os espetáculos citados acima estão esmiuçados na primeira parte do livro, dedicada a ensaios e reflexões do teatro antuniano, a partir da antológica encenação do romance “Macunaíma”, de Mário de Andrade, por Antunes Filho e os atores do, batizado a partir do trabalho, Grupo Pau-Brasil.

Na segunda parte do livro, Milaré busca sistematizar o trabalho de pesquisa desenvolvido pelo CPT, o Centro de Pesquisa Teatral de Antunes Filho. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas Tags: , , , , ,
09/09/2010 - 15:25

Três preciosos livros sobre artes são lançados hoje na Funarte SP

Compartilhe: Twitter

EMichel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Capa do livro "Batalha da Quimera"

A Edições Funarte se coloca, mais uma vez, a favor da publicação e divulgação de reflexões e registro sobre o mais instigante do ideário artístico e, integrando o Circuito Interações Estéticas, lança hoje, a partir das 18h, três preciosos volumes, na área de convivência do Complexo Cultural Funarte São Paulo.

As publicações contemplam as artes cênicas (teatro adulto, dança e teatro infantil) em obras com abordagens e personagens distintos: Batalha da Quimera, de Sebastião Milaré (sobre a trajetória do dramaturgo Renato Vianna), Angel Vianna – sistema, método ou técnica?, organizado por Suzana Saldanha (ensaios de profissionais de várias áreas sobre o trabalho da bailarina, coreógrafa e pesquisadora; com a presença de ambas na noite de autógrafos), e I Catálogo Livre do Teatro Infantil de Karen Acioly (registro da história do teatro infantil brasileiro, sob a ótica de quem faz).

Capa do livro sobre Angel Vianna

A programação completa do Circuito Interações Estéticas – que acontece entre os dias 9 e 12 de setembro, das 9h30 às 22h, na Funarte São Paulo – está disponível no site www.funarte.gov.br.

Cabe um breve parênteses sobre a obra de Sebastião Milaré sobre Renato Vianna que, mesmo antes da geração TBC receber o título de precursora na inserção do teatro brasileiro na era Moderna, Vianna já realizava um tipo diferente daquele comum ao teatro nacional, centrado na figura de um grande ator (Procópio Ferreira, João Caetano, Dulcina de Moraes etc.). Certamente, Batalha da Quimera exigirá uma revisão na história do teatro brasileiro.

Capa do "I Catálogo Livre do Teatro Infantil"

Autor: - Categoria(s): Dança, Música e Cinema Tags: , , , , , ,
Voltar ao topo