Publicidade

Publicidade

29/08/2012 - 16:36

O Mistério Bufo faz temporada na Galeria Olido

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Peça de Maiakóvski volta em temporada popular

SÃO PAULO – Depois de uma temporada no Teatro João Caetano, com sucesso de público, o espetáculo O Mistério Bufo, texto de Maiakóvski dirigido por Fernando Neves, faz nova temporada popular, agora na Galeria Olido. A re-estreia é sexta-feira (31), às 20h.

No palco, os jovens atores da Academia de Palhaços encenam o texto que Maiakóvski criou em comemoração ao primeiro aniversário da Revolução Comunista na Rússia (1918).

O Mistério Bufo é o resultado de uma pesquisa sobre o palhaço brasileiro e o circo-teatro. Com abuso do escravo e fazendo uso do deboche, a peça faz críticas sociais através da aventura vivida por sobreviventes de um apocalipse revolucionário. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, DESTAQUE, Matérias Tags: , , , , , ,
09/08/2012 - 02:12

Lília Cabral celebra grande encontro em sua terra natal

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil/ iG (Michel@aplausobrasil.com)

Lília Cabral é "Maria do Caritó" - foto de Claudia Ribeiro

SÃO PAULO – Não é apenas a estreia de Maria do Caritó, escrita por Newton Moreno e dirigida por João Fonseca, que chega ao Teatro Faap na próxima sexta-feira (10), depois de quase dois anos de distancia de sua estreia e temporada carioca, que é motivo de festa para Lília Cabral, personagem título da peça. Nascida na Lapa, capital paulista, ela re-encontra no palco “dois grandes amigos”: os atores Fernando Neves e Sílvia Poggetti.

Lília Cabral é "Maria do Caritó" - foto de Claudia Ribeiro

Além dos dois atores, J.C. Serroni (quem assina os figurinos do espetáculo) também integra a trupe de Maria do Caritó. Eles se conheceram no final dos anos 1970, no campus da USP. Lília iniciava carreira cursando a Escola de Artes Dramáticas (EAD). Trabalharam juntos em um grupo e depois cada um deu diferente rumo a sua carreira, “apesar de manterem a amizade, sempre nos comunicando”, segundo Lília Cabral, não voltaram a trabalhar juntos, até que a atriz “encomendou” um texto a Newton Moreno:

“Encomendei uma peça ao Newton e o único pedido que fiz foi que ele criasse um personagem para a Sílvia e o Fernando. Ele me entregou o texto e assim que acabei de ler liguei para a Maria (Siman, produtora de Maria do Caritó) e disse que tínhamos um pequeno tesouro nas mãos”, conta a atriz.

Newton Moreno, pernambucano, um dos fundadores do grupo Os Fofos Encenam – do qual Neves, Poggetti e Eduardo Reyes fazem parte –, escreveu, com enorme sucesso, Agreste e As Centenárias, além de adaptar e dirigir Assombrações do Recife Velho e Memória da Cana que, também localizam seus personagens no sertão nordestino e o texto de Maria do Caritó, localizada  no interior do nordeste, traz a mesma poesia da simplicidade focada pelas talentosas lentes do autor.

À beira de completar seu 50ª aniversário, Maria deseja cair nos braços de um amor e se livrar do Caritó – segundo explicação de Newton, “Caritó é uma das prateleiras do mobiliário nordestino que fica escondida o suficiente para que as mães escondam remédios, tesoura, entre outros, de seus filhos. No interior do nordeste, Caritó é o apelido dado às solteironas” –, mas enfrenta a sina de cumprir a promessa de seu pai – a entregar virgem a São Djalminha pela graça de tê-la salvo da morte em seu parto, que custou a vida da mãe – e a “fama” de santa, concedida pelo povo de sua cidade. Até que chega à cidade um circo e seu picadeiro reserva múltiplas surpresas que revelam verdades guardadas em umCaritó que revira a vida de Maria. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): DESTAQUE, Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
07/08/2012 - 13:24

As Polacas – As Flores do Lodo estreia em São Paulo

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"As Polacas - Flores do Lodo", texto e direção de João das Neves

SÃO PAULO – A montagem As Polacas – As Flores do Lodo cumpriu temporada carioca no CCBB do Rio de Janeiro e entra em cartaz no SESC Ipiranga, em São Paulo. A estreia é neste sábado (11), às 21 horas. João das Neves assina o texto e a direção.

No palco, 13 atores contam a história de prostitutas judias e negras do Leste Europeu (polacas) que chegam ao Brasil fugindo da fome e da perseguição religiosa.  Em sua maioria, são aliciadas pela rede Zwi Migdal, de tráfico de mulheres e são obrigadas a se prostituirem.

Aqui no Brasil enfrentam o preconceito da comunidade judaica e das prostitutas locais. Para lutar contra a discriminação e promover a cultura e a religião judaica em nosso país, as polacas fundam uma associação e constroem um cemitério. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, DESTAQUE, Matérias Tags: , , , , , , ,
06/07/2012 - 18:53

Mistério Buffo traz jovens atores aos palcos paulistanos

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Misterio Buffo"

SÃO PAULO – Academia de Palhaços é um grupo formado por alunos da Unicamp que se formaram em 2010 e agora trazem à capital paulista Mistério Buffo, montagem contemplada pelo Programa de Ação Cultural da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo – Concurso de Apoio a Projetos de Produção e Espetáculo Inédito de Teatro. A direção é de Fernando Neves. Cenografia, Visagismo e Figurinos são assinados por Leopoldo Pacheco e Carol Badra. O texto, do dramaturgo Russo Vladimir Maiakóvski, foi adaptado para a realidade brasileira por Laíza Dantas.

Mistério Buffo é o resultado de uma pesquisa realizada sobre as técnicas do palhaço e o universo circense. A participação de Neves na produção é apropriada, visto que o ator e diretor é descendente da Família Neves, uma das mais tradicionais do circo-teatro brasileiro.

Na peça, os atores interpretam diversos personagens, demonstrando versatilidade. Cantam com competência e têm a tarefa de realizar trocas de roupas muito rápidas e transmitir à plateia a alegria do universo circense. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, DESTAQUE, Matérias Tags: , , , ,
10/06/2011 - 18:46

Texto baseado em contos de autor moçambicano estreia em São Paulo

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Fio das Missangas" é encenado no Viga

Os atores Bruna Bressani e Pedro Lopes uniram-se para dirigir uma peça baseada na obra O Fio das Missangas, do premiado autor moçambicano Mia Couto. Com título homônimo ao livro que reúne 29 contos curtos, para o espetáculo sete foram selecionados pelos diretores.

Presos em uma trincheira simbólica e cercados por perigosos “bandos”, um artista e um andarilho são forçados a passar a noite em meio aos destroços de um atentado. Nesta noite, os dois lançam mão das histórias de vida que conhecem para, por meio destas narrativas, tentarem redefinir a realidade que os cercam a exemplo de rituais ancestrais que se fundavam na mitologia e na arte. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , ,
Voltar ao topo