Publicidade

Publicidade

05/03/2012 - 22:23

Jussara Silveira lança novo trabalho no SESC Vila Mariana

Compartilhe: Twitter

Jussara Silveira lança "Ame ou se mande"

SÃO PAULO – O SESC Vila Mariana apresenta, nos dias 17 e 18 de março, o lançamento de Ame ou se mande, sexto álbum de Jussara Silveira desenvolvido em parceria com o pianista Sacha Amback e o percussionista Marcelo Costa.

Ame ou se mande, possui composições de Celso Fonseca e Ronaldo Bastos (A Voz do Coração), Cezar Mendes e Capinam (Ifá), André Carvalho e Quinho (Bom), Toni Costa e Luiz Ariston (O Dia que Passou), Roberto Mendes e J. Velloso (Doce Esperança). Com direito também a um poema de Fernando Pessoa musicado por Zé Miguel Wisnik (Tenho Dó das Estrelas). E regravações de Zeca Baleiro, Morais Moreira, Caetano Veloso, entre outros. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Dança, Música e Cinema, Notas e Oportunidades Tags: , , , , , , , , , , , ,
14/02/2011 - 19:26

Duas peças exóticas

Compartilhe: Twitter

Maria Lúcia Candeias, colunista e crítica teatral do Aplauso Brasil

Maria Lúcia Candeias, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Em cartaz no Miniteatro da praça Roosevelt Decifra-te ou me Devora mistura vídeo e poesia. Claro que de

"Decrifra-te ou me Devora" - foto de João Caldas

teatro mantém a presença dos atores que declamam, ou melhor, dizem versos calmamente. O tema é lindíssimo: a paixão cega e incontrolável, dessas que não possibilita conhecer o outro porque a emoção é forte demais.

O roteiro é dos dois ótimos atores (Helô Cintra e João Paulo Lorenzon) e do diretor como sempre competente Elias Andreato.

O cenário é também de Elias, os belos figurinos de Laura Andreato, e a iluminação eficiente de Marcelo Lazzaratto.

É um mínimo teatro e uma peça curta, mas vale ver.

AíPod, em cartaz no Teatro Nair Bello (Shopping Frei Caneca), Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , , , , ,
08/02/2011 - 16:12

Decifre e devore as relações amorosas no Miniteatro

Compartilhe: Twitter

Maurício Mellone, colunista colaborador do Aplauso Brasil

Maurício Mellone, para o site Favo do Mellone, parceiro do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Diretor assina ainda o cenário e divide o roteiro com os atores Helô Cintra e João Paulo Lorenzon

O amor entre duas pessoas, com seus encontros e

"Decrifra-te ou me Devora" - foto de João Caldas

desencontros que são superdimensionados nesses tempos de uso de recursos virtuais, como a internet e os celulares. Com esse mote Elias Andreato, Helô Cintra e João Paulo Lorenzon criaram o espetáculo Decifra-te ou me Devora, utilizando poemas e textos de autores como Jean Tardieu, Cacaso, Paul Celan e Herberto Helder, entre outros. A peça estreou nesse final de semana no Miniteatro.

Num espaço intimista, tendo como cenário uma cama de casal que serve também como tela para que sejam projetadas imagens, o público entra, atravessa o palco e fica como voyeur daquela relação amorosa. Inicialmente o casal só se comunica de forma virtual, por meio de poemas, com o objetivo de se conhecerem. Depois partem para os celulares e a voz passa a ser o novo dado para se conhecerem melhor. O último passo para saber quem é a pessoa amada é o encontro real. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores Tags: , , , , , , ,
Voltar ao topo