Publicidade

Publicidade

24/04/2012 - 00:30

Virada Cultural de São Paulo divulga programação

Compartilhe: Twitter

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

Gilberto Gil faz show gratuito na Virada Cultural de São Paulo

SÃO PAULO – A Virada Cultural de 2012 será entre as 18h do sábado (05/05) e as 18h do domingo (06/05). Realizada pela Prefeitura de São Paulo, através da Secretaria Municipal de Cultura, conta com a Secretaria de Estado de Cultura e o SESC – SP como correalizadores. Haverá, nesta oitava edição, mais de 900 atrações distribuídas em 114 locais, sendo que 50 pontos estarão no centro da cidade. Além disso, se mantém a forte presença dos artistas de rua que transitam por toda a extensão do evento, marca registrada da festa.

O perímetro permanece praticamente o mesmo do ano passado, com uma importante inclusão, o Elevado Costa e Silva, ou melhor, o Minhocão. Lá teremos as presenças do Mercado Mundo Mix, de ações itinerantes e de chefs de cozinha. Entre os nomes confirmados estão Alex Atala (Dalva e Dito), Dagoberto Torres (Suri Ceviche Bar) e Janaina Rueda (Bar da Dona Onça).

Um espaço com sonoridade africana e importantes nomes do afrobeat terá vez. Passarão pelo palco montado em frente à Estação Julio Prestes, Ray Lema e Orquestra Jazz Sinfônica, Ebo Taylor, Tony Allen (nigeriano que foi baterista e uma espécie de maestro-arranjador da banda de Fela Kuti) e o brasileiríssimo pessoal da big band Bixiga 70. O encerramento será feito pelo cantor Gilberto Gil, no domingo, às 18h. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Dança, Música e Cinema, Matérias Tags: , , , , ,
18/04/2012 - 18:31

Bob Wilson encerra primeira fase de projeto brasileiro amanhã

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil/ iG        (Michel@aplausobrasil.com)

Danilo Santos de Miranda e Robert Wilson

SÃO PAULO – Com a apresentação de amanhã do monólogo A Última Gravação de Krapp, texto do irlandês Samuel Beckett dirigido e interpretado por Robert Wilson, no Teatro do SESC Belenzinho (ingressos esgotados), encerra-se a primeira etapa de um projeto que se estenderá até 2014 e gira em torno de atividades relacionadas ao mergulho no universo de Bob Wilson, um dos artistas mais destacado da cena teatral internacional.

Além das cinco apresentação do solo beckettiano, segunda passada, o CineSESC exibiu o documentário Absolute Wilson, com a presença do diretor, em novembro dois espetáculos dirigidos por Wilson, com o Berliner Ensemble (grupo fundado pelo dramaturgo alemão, Bertolt Brecht) Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Notas e Oportunidades Tags: , , , , , , , , , ,
12/04/2012 - 18:25

Eriberto Leão é destaque em A Mecânica das Borboletas

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"A Mecânica das Borboletas" - foto de Guga Melgar

SÃO PAULO – Depois de temporada no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) do Rio de Janeiro, A Mecânica das Borboletas faz temporada na capital paulista. A estreia será amanhã no Teatro Anchieta (SESC Consolação). No elenco, Ana Kutner, Eriberto Leão, Otto Jr e Suzana Faíni. A direção é de Paulo Moraes, da Cia Armazém de Teatro.

A Mecânica das Borboletas é um texto inédito do dramaturgo Walter Daguerre e faz uma reflexão sobre a vida contemporânea ao abordar as escolhas da vida e as consequências que elas ocasionam. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , ,
26/03/2012 - 23:20

Confira galeria de fotos de Vermelho

Compartilhe: Twitter

Equipe técnica:

Elenco: Antonio Fagundes e Bruno Fagundes
Direção: Jorge Takla
Texto: John Logan
Tradução: Rachel Ripani
Figurinos: Fábio Namatame
Iluminação: Ney Bonfante
Cenário: Jorge Takla

[slideshow id=52]

fotos de Ivan Abujamra e João Caldas

Serviço
Vermelho
Estreia: 30 de março, às 21h30
Local: Teatro GEO – Rua Coropés, 88 – tel. 3728.4930 – (próximo ao metro Faria Lima) – www.teatrogeo.com.br
Horários: quinta e sábado, às 21h; Sexta, às 21h30 e Domingos, às 18h.
Preços: Plateia R$ 120,00 e Balcão R$ 100,00
Duração: 80 minutos
Classificação Etária: 12 anos
Estacionamento: Valet c/ manobrista = R$ 25,00
Horário de funcionamento da bilheteria: terça, quarta e domingo das 12 às 20h; quinta, sexta e sábado, das 12 às 21h. As vendas para o espetáculo do dia serão encerradas 15 minutos antes do início do espetáculo.

Autor: - Categoria(s): GALERIA DE FOTOS Tags: , , , , , , , , , , ,
23/03/2012 - 00:03

Teatro Augusta abriga dois bons autores bissextos

Compartilhe: Twitter

Afonso Gentil, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Elenco de "Esconderijo" - foto de Fábi Ghrun

SÃO PAULO – Com tantas estréias acontecendo neste primeiro trimestre, duas presenças interessantes, as dos autores Leonardo Alkmin (Quarto 77) e Leo Chacra (Esconderijo), correm o risco de passar despercebidas. O que seria no mínimo injusto, face às boas qualidades  dos seus trabalhos.

Vivemos tempos de babel estética e formalística, com muitos dos atuais diretores de grupo querendo “marcar território” nessa onda supostamente novidadeira, com releituras, desconstruções ou narrativas fragmentadas de preguiçosa criatividade. Realmente, é muito mais cômodo demolir, que recriar com os instrumentos da  modernidade. Colocam, então, esses encenadores,  autores consagrados de todas as épocas e todos os quadrantes na condição ultrajante de “mera paisagem” em suas discutíveis carnavalizações sem eira nem beira, onde impera o grotesco da graça(?) de mico de circo, entre outras enganações.

Daí o alívio ao nos depararmos com esses dois involuntários arautos do bom uso do palco como plataforma dos questionamentos existenciais, sociais e transcendentais que justificam a  permanência do teatro como  bússola civilizatória.

O PULSANTE REALISMO FANTÁSTICO  DE QUARTO 77

Pouco conhecíamos de Leonardo Alkmin, autor deste instigante exercício de realismo fantástico, cartaz do Augusta 1. Em seu currículo desponta um premiado Cárcere Privado, nas antigas Jornadas SESC de Teatro. Antes Alkmin cursou Artes Cênicas na ECA/USP, mas não há informação em qual delas se formou.

Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
21/03/2012 - 01:05

Confira a lista dos vencedores do Prêmio Shell de Teatro de São Paulo 2011

Compartilhe: Twitter

Maria Lúcia Candeias, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"O Jardim", da Cia. Hiato, vencedora em duas categorias

SÃO PAULO – Na noite da última terça-feira, os espetáculos que estrearam na temporada de 2011 receberam seus devidos destaques, conforme a comissão julgadora – formada por Alexandre Mate (professor e pesquisador teatral), Valmir Santos (jornalista),    Marici Salomão (autora teatral e jornalista), Mario Bolognesi (professor e pesquisador de teatro) e Noemi Marinho (atriz, dramaturga e diretora) – do Prêmio Shell de Teatro que revelou os vencedores do mesmo.

Autor: Leonardo Moreira por O Jardim.

Diretor: Nelson Baskerville por Luis Antonio – Gabriela

Atriz: Roberta Estrela D’Alva por Orfeu Mestiço – Uma Hip-Hópera Brasileira Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Notas e Oportunidades Tags: , , , , , , , , , , ,
19/03/2012 - 15:23

Paulo Goulart Filho surpreende em Quarto 77

Compartilhe: Twitter

Maurício Mellone, editor do Favo do Mellone site parceiro do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Quarto 77" - em cena - Paulo G.Filho e Maria Laura - foto de Demian Golovat

Com direção de Roberto Lage, a peça de Leonardo Alkmim retrata o universo de um homem que se refugia num quarto de hotel e recebe a inesperada visita de uma mulher. Mistério, alucinação, realidade se entrelaçam com um final impactante

SÃO PAULO – Hotel abandonado do centro da cidade. O personagem central de Quarto 77 — peça de Leonardo Alkimm que acaba de estrear no Teatro Augusta — escolhe este local para se refugiar. Sem nome, este Homem, vivido por Paulo Goulart Filho, chega à noite ao hotel fugindo sabe-se lá do quê e, com receio, instala-se para descansar.

“O sono da razão gera monstros”
Para sua surpresa, o Homem acorda e, assustado, vê uma Mulher (interpretada por Maria Laura Nogueira) dormindo na cama ao lado da sua. Aparentemente a cena retrata uma realidade — ela diz que não tinha mais vaga no hotel e como o quarto 77 possui duas camas foi encaminhada para lá. No entanto, o público a partir da repetição da mesma cena (chegada ao quarto, descanso, surpresa ao acordar e diálogo entre os personagens) é levado ao universo misterioso, surreal e angustiante daquele casal. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores Tags: , , , , , , , , , ,
17/02/2012 - 00:26

Coreografia inspirada em Paulo Freire chega ao Capão Redondo

Compartilhe: Twitter

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

"Marchas" Foto Ede Hohne

SÃO PAULO – Na vida do filósofo e educador Paulo Freire a palavra “autonomia” sempre foi regra, e não exceção. A necessidade pela autonomia moveu-o, ainda criança, a iniciar sua própria alfabetização utilizando gravetos e escrevendo no chão, debaixo de uma mangueira. Essa condição de escolher as leis que regiam seu próprio destino é o que inspirou a diretora artística Gal Martins, da Cia Sansacroma, a criar o espetáculo MARCHAS, que, após breve passagem pela Galeria Olido, onde estreou, estreia no próximo dia 25 no Ninho Sansacroma (Capão Redondo).

Contemplado pela 10ª Edição do Programa de Fomento à Dança para cidade de São Paulo, o projeto MARCHAS, homônimo ao espetáculo, inclui outras ações que vão além da pesquisa e montagem da coreografia, como a formação de público, através das ações de agentes que articularam a solidificação de uma plateia que frua a dança contemporânea com mais regularidade. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Dança, Música e Cinema, Multimídia Tags: , , , , , ,
03/02/2012 - 23:27

Municipal de SP comemora 90 anos da Semana de Arte Moderna

Compartilhe: Twitter

Luís Francisco Wasilewsk, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

SÃO PAULO – Entre os dias 15 e 26 de fevereiro, o Theatro Municipal de São Paulo apresentará uma programação especial em comemoração aos 90 anos da Semana de Arte Moderna de 1922, que ocorreu entre 13 e 17 de fevereiro daquele ano no próprio Municipal. São duas óperas – uma delas, Magdalena, de Villa-Lobos, nunca encenada em São Paulo -, um espetáculo de dança inédito e dois concertos.

Compositores e autores dessas obras participaram da Semana de Arte Moderna de 1922 (Villa-Lobos e Mario de Andrade) ou foram influenciados por ela (Camargo Guarnieri, Radamés Gnatalli, Lorenzo Fernandez).

A programação está assim dividida:

FEVEREIRO:15 qua 20h, 17 sex 20h, 19 dom 18h, 23 qui 20h, 25 sab 20h Magdalena.Ópera em 2 atos de Heitor Villa-Lobos. Produção original do Theatre du Chatelet – Paris – 201 Orquestra Sinfônica Municipal, Coral Lírico Municipal e Coral Infantil Heliópolis. Luís Gustavo Petri – direção musical e regência. Mário Zaccaro – regente do coro. Kate Whoriskey – direção cênica. Derek McLane – cenografia. Paul Tazewell – figurinos. Alexander Koppelman – desenho de luz. Warren Adams – coreografia. Elenco: Rosana Lamosa (Maria);  Luciana Bueno (Teresa);  Rubens Medina (Pedro);  Sávio Sperandio (General Carabaña);  Saulo Javan (Padre José);  Miguel Geraldi (O Velho Homem); Paulo Queiroz (Zoggie);  Pedro Ometto (Major Blanco) Duração: (1º. ato: 55’ – intervalo de 20’- 2º. ato: 40’- total: 1h55’) Ingressos: R$ 100,00; R$ 60,00 e R$ 40,00.

A ópera Magdalena, de Heitor Villa-Lobos, com libreto dos americanos Robert Wright e George Forrest, fez sua estreia na Broadway em 1948 e teve sua première brasileira apenas em 2002, no Festival Amazonas de Ópera, em Manaus, com versão em português de Cláudio Botelho. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Notas e Oportunidades Tags: , , , , , , , ,
27/01/2012 - 18:50

Saiba quem faturou o Prêmio Governador do Estado 2011

Compartilhe: Twitter

Luis Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

"O Jardim", da Cia. Hiato, vencedora na categoria Teatro

SÃO PAULO – A produtora da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, Renata de Almeida, foi o grande Destaque Cultural escolhido pelo júri do Prêmio Governador do Estado para a Cultura 2011. Ela recebe o prêmio de R$ 100 mil da Secretaria de Estado da Cultura pelo conjunto do seu trabalho. Desde 1990, junto com seu marido Leon Cakoff, que faleceu no ano passado, ela é responsável pela seleção de filmes e programação da mais conhecida mostra cinematográfica do País e uma das mais importantes do mundo. O Prêmio foi entregue na noite da última terça-feira (24) em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes.

O Prêmio Governador 2011 distribuiu mais sete prêmios em dinheiro, no valor de R$ 60 mil cada, para os vencedores do júri das outras modalidades: o artista plástico Fernando Lemos, pela exposição Lá & , na modalidade Artes Visuais; Marco Dutra e Juliana Rojas na modalidade Cinema, pelo filme Trabalhar Cansa; em Circo, Roger Avanzi, com seu personagem Palhaço Picolino; a companhia Ballet Stagium, em Dança, pelo espetáculo comemorativo dos seus 40 anos; Sérgio Vaz na modalidade Inclusão Cultural, com seu trabalho na Cooperativa Cultural da Periferia (Cooperifa); Suzana Salles, no prêmio de Música, pela realização da Semana da Canção Brasileira de São Luiz do Paraitinga; e a Cia. Hiato, em Teatro, com o espetáculo O Jardim.

No total, o Prêmio Governador 2011 entregou R$ 520 mi Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , ,
Voltar ao topo