Publicidade

Publicidade

07/07/2011 - 19:42

Sua Incelença, Ricardo III abre 11ª edição do FIT

Compartilhe: Twitter

Franklin Catan, especial para o Aplauso Brasil (Franklin@aplausobrasil.com)

"Sua Incelença, Ricardo III", direção de Gabriel Vilella para peça de Shakespeare

O grupo Clowns de Shakespeare, de Natal (RN), abre a programação do 11º Festival Internacional de Teatro (FIT) de São José do Rio Preto logo mais (às 20h) no Anfiteatro Nelson Castro, na Represa Municipal, com Sua Incelença, Ricardo III, uma releitura de Ricardo III, de William Shakespeare, com a expectativa de aproximadamente 4 mil pessoas na platéia.

Sua Incelença, Ricardo III faz parte da Mostra Petrobras, que destaca cinco espetáculos de grupos patrocinados pela estatal – também estão na lista O Grande Circo dos Irmãos Saúde, do Circo Teatro Artetude, de Brasília (DF), Ópera dos Vivos, da Companhia do Latão, de São Paulo, Oxigênio, da Companhia Brasileira de Teatro, de Curitiba (PR), e Till, A Saga de um Herói Torto, do Grupo Galpão, de Belo Horizonte (MG) (que encerra o FIT).

O título do espetáculo de abertura permite uma dupla leitura. Ao mesmo tempo em que “sua incelença” é uma expressão regional, que representa o pronome de tratamento sua excelência, é também o nome dado à cantigas típicas do Nordeste, geralmente atreladas a rituais fúnebres. Tais músicas, com ciclos de repetições de melodia e letra, mesclam-se a clássicos do pop inglês, incluindo Bohemian Rhapsody, da banda Queen.

Mas não é só a trilha sonora que cria pontes entre a cultura popular brasileira e o universo elisabetano. De um lado, cenografia, figurino e sotaque caracterizam o sertão. De outro, há a base da fábula britânica de William Shakespeare, Ricardo III. A trama se passa no final da Guerra das Rosas, conflito sucessório pelo trono da Inglaterra, que ocorreu entre 1455 e 1485. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , ,
10/03/2011 - 18:14

Cia. Livre estreia peça em Rio Preto

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Anderson Niels (Edu) e Franklin Catan (Fábio) - Foto Kiko Andrade

O livro Veludinho, de Martha Azevedo Pannunzio, titulo ganhador de vários prêmios literários, ganha o palco por meio da montagem teatral da Cia. Livre, de Rio Preto. A adaptação, homônima ao título literário de Martha, estreia neste sábado (12), às 19h30, no Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto. O elenco é formado pelos atores Anderson Niels, Franklin Catan, Kiko Andrade, Inajara Fabiana, Leandro Aveiro e Rafaela Merighi. A luz é feita por Ricardo Matiolli; sonoplastia por Elaine Matsumori e Anderson Niels. A direção e adaptação é de Leandro Aveiro.

Eduardo é um menino brincalhão e teimoso, o seu sonho era comprar uma espingardinha de chumbo para atirar em pássaros, o feito acontece depois de muitos desafios. Escondido dos seus pais, numa tarde de sábado, ele acerta um passarinho, a quem apelida de Veludinho, mas se arrepende e tenta salvá-lo. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , ,
26/01/2011 - 16:22

Festival de Teatro “1,99” de Rio Preto é sucesso total

Compartilhe: Twitter

Franklin Catan, especial para o Aplauso Brasil

Cia. Girassonhos apresentou o espetáculo "Dooutrolado" - Foto Juliana Merengue

A 8ª edição do “Em janeiro teatro para criança é o maior barato – apenas 1,99”, realizado de 8 a 18 de janeiro, foi uma das opções de lazer para as crianças neste mês de férias.  A programação contou com 12 espetáculos, entre eles, dois de rua, totalizando 22 apresentações teatrais.  Também foram realizadas quatro atividades formativas, destinadas à classe teatral e pessoas com interesse na área cênica.

Esta edição atingiu um público de 12 mil pessoas, entre espectadores e participantes dos workshops.

“Esse acontecimento contempla o que nós imaginamos para o evento. A quantidade de público é resultado positivo de um festival que visa o interesse popular, possibilitando o acesso democrático à cultura, além de fomentar a produção teatral local”, comenta Drica Sanches, produtora da Cia. Fábrica de Sonhos.

Além disso, toda apresentação tinha um debate entre os atores, plateia e os debatedores, atriz Juliana Calligaris e o ator Fabiano Amigucci.

Venho acompanhando este festival há 3 anos e sempre me surpreendo com as novidades e os espetáculos apresentados. Todos são de altíssima qualidade.

Após o debate Juliana Calligaris falou comigo e respondeu algumas perguntas, veja: Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , ,
02/07/2010 - 03:45

Vem aí o FITFestival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto 2010

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Espetáculo Uruguaio, "Las Julietas",gratuito no FIT 2010

Estão à venda os ingressos para os espetáculos que participam da edição 2010 do FIT Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto que nesse ano traz espetáculos de seis nacionalidades, estreias de peças de grupos nacionais, uma série de debates e muitos espetáculos gratuitos de 15 a 24 de julho.

Danilo Santos de Miranda é o presidente de honra do FIT que conta com coordenação geral de Deodoro Moreira e Sebastião Eduardo Costa Martins.

Na equipe de curadores estão Sidnei C. Martins, Sergio Luis Venitt de Oliveira, Roberto Alvim e Gabriela Mellão.

Os ingressos vão de R$ 2,50  R$ 10 sendo que 24 deles, mais da metade total, são gratuitos, sendo dois deles internacionais (Lãs Julietas, do Uruguai, e Kamchàtka, da Espanha).

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO NO SITE DO FIT.

INGRESSOS Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , ,
22/12/2009 - 13:47

Festivais e SESC SP deixam suas marcas na temporada 2009

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, especial para o Último Segundo (michelfernandes@superig.com.br)

FARSA esteve no FESTIVAL DE CURITIBA

FARSA esteve no FESTIVAL DE CURITIBA

 

Nesse terceiro artigo em que, segundo o que vi, destaco os espetáculos teatrais que considero pertinentes em ganharem um espaço privilegiado de minhas reflexões, peço licença para destacar a efervescência promovida por festivais de teatro Brasil afora como o Festival de Curitiba, Festival Internacional de Londrina (FILO) e Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto, que fizeram circular espetáculos marcantes, do país ou estrangeiros. Também peço licença para destacar a atuação do SESC SP que, presidido pelo professor Danilo Santos Miranda, responde por projetos e espetáculos de pesquisa e qualidade indiscutível.

As curadorias dos festivais de teatro estão, cada vez mais, direcionadas à trazer para suas cidades de origem um quadro de excelência qualitativa cada vez maior. E a cada ano são apresentados, também, espetáculos de dança, ampliando para as artes do corpo nossa atenção, mesmo por que o hibridismo entre as linguagens se faz necessária de notação.

Dentro do FILO deste ano, a abertura do festival para espetáculos e artistas com diferentes possibilidades físicas e intelectuais, além de um profícuo debate focado na reflexão e discussão da “arte inclusiva” representou um diferencial vanguardista do Festival Internacional de Londrina que, espero, seja contínuo e influencie outros festivais. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas Tags: , , , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo