Publicidade

Publicidade

04/09/2012 - 23:33

Segunda edição do Mirada começa nesta quarta

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

México é país homenageado da 2ª edição do MIRADA

SANTOS – O litoral paulista recebe a partir desta quarta-feira (5), até o dia 15, o Mirada – Festival Ibero-Americano de Artes Cênicas, realizado pelo SESC São Paulo. Nesta segunda edição, serão apresentados 38 espetáculos. Produções nacionais e internacionais ocuparão teatros, praças e ruas de Santos e de cidades vizinhas, como Praia Grande, Bertioga, Cubatão, Guarujá e São Vicente.

Mundana Companhia de Teatro faz pré-estreia de "Pais e Filhos" - foto de Camila Marquez

O público terá a oportunidade de conferir espetáculos de países como Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Cuba, Espanha, Portugal e México (país homenageado).  Entre os participantes, internacionais, destaque para as produções mexicanas das companhias Teatro Línea de Sombra,  Compañía Tapioca Inn, Por Piedad Producciones, Compañia Nacional de Teatro, Teatro El Farfullero, Artilleria Producciones,  El Milagro e Carretera 45 Teatro.

O Mirada sediará a pré-estreia nacional do espetáculo Pais e Filhos, da Mundana Companhia de Teatro, com direção do russo Adolf Shapiro. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): DESTAQUE, festivais, Matérias Tags: , , , , , , , , ,
18/04/2012 - 18:31

Bob Wilson encerra primeira fase de projeto brasileiro amanhã

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil/ iG        (Michel@aplausobrasil.com)

Danilo Santos de Miranda e Robert Wilson

SÃO PAULO – Com a apresentação de amanhã do monólogo A Última Gravação de Krapp, texto do irlandês Samuel Beckett dirigido e interpretado por Robert Wilson, no Teatro do SESC Belenzinho (ingressos esgotados), encerra-se a primeira etapa de um projeto que se estenderá até 2014 e gira em torno de atividades relacionadas ao mergulho no universo de Bob Wilson, um dos artistas mais destacado da cena teatral internacional.

Além das cinco apresentação do solo beckettiano, segunda passada, o CineSESC exibiu o documentário Absolute Wilson, com a presença do diretor, em novembro dois espetáculos dirigidos por Wilson, com o Berliner Ensemble (grupo fundado pelo dramaturgo alemão, Bertolt Brecht) Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Notas e Oportunidades Tags: , , , , , , , , , ,
09/04/2012 - 20:47

Parlapatões abrem o 54º Festival Santista de Teatro

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Parlapatões apresentam "Ridículos Ainda e Sempre"

SANTOS – Entre os dias 13 e 21 de abril, acontece na cidade de Santos, litoral paulista, o Festa 54 (Festival Santista de Teatro). Durante os nove dias de programação, a cidade terá sessões de teatro adulto, teatro infantil, teatro de rua, Mostra Paralela, oficinas, debates, shows e saraus. A abertura será na próxima sexta-feira (13), 20h, no Teatro Municipal Braz Cubas com o espetáculo Ridículos Ainda e Sempre, dos Parlapatões.

Patrícia Galvão, mais conhecida como Pagu, realizou a primeira edição do Festa em 1958 com o objetivo de estimular a cultura na cidade e colocá-la no mapa das artes cênicas do país. O Festa é considerado o festival de teatro mais antigo em atividade do Brasil. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , , , , , , ,
21/11/2011 - 15:07

Sandy, Bethânia e Lulu formam a tríade do Circuito Cultural Banco do Brasil

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Maria Bethânia canta Chico Buarque - foto Leo Aversa

SÃO PAULO – O Via Funchal recebe a partir desta segunda-feira (21), a série de shows do Circuito Cultural Banco do Brasil com shows inéditos de Sandy, Maria Bethânia e Lulu Santos, sob direção e idealização de Monique Gardenberg, que divide a curadoria com Toni Platão. Depois da capital paulistana, os shows do circuito seguem para Ribeirão Preto (6 a  8 de dezembro), Goiania (16 a 18 de dezembro) e Recife (18 a 20 de janeiro de 2012).

Hoje, Sandy interpreta clássicos do ídolo Michael Jackson, com quem dividiu o palco em 1993, quando a dupla Sandy & Júnior fez participação especial nas apresentações brasileiras do rei do pop; parte integrante de quase todos os álbuns (e são tantos!) da carreira da “abelha rainha”, uma das mais importantes intérpretes da música popular brasileira, Maria Bethânia,o compositor carioca Chico Buarque, bardo da alma feminina, ganha interpretação, somente de seu repertório, na voz de Bethânia,  no segundo (e já esgotado) show do circuito; Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Dança, Música e Cinema, Notas e Oportunidades Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
09/11/2011 - 21:44

Lucélia Santos apresenta texto de Jô Bilac no SESC Belenzinho

Compartilhe: Twitter

Adriano Oliveira, especial para o Aplauso Brasil ( adriano@aplausobrasil.com)

Pedro Neschling dirige a mãe

SÃO PAULO – A atriz Lucélia Santos traz, a partir de sábado (12), Alguém Acaba de Morrer lá Fora, de Jô Bilac (cujos textos Serpente Verde, Sabor Maçã e Limpe Todo o Sangue Antes Que Suje o Carpete, estão concomitantemente em cartaz na cidade), no SESC Belenzinho, sob direção de Pedro Neschling, filho da atriz.

Uma comédia com toques de violência é a base da trama que apresenta três personagens, estranhos uns aos outros, que se encontram em um bar-café. Cada personagem está à espera de alguém. Cláudio (Ricardo Santos), um homem solteiro, em busca de um amor; Laura (Lucélia Santos), uma mulher misteriosa, espera acertar as contas com certo alguém prestes a chegar, e Marcela (Vitória Frate), professora de inglês frustrada com a vida, espera sua irmã.  Com o trio da peça, o autor deseja criticar a superficialidade das relações humanas.

A atriz Lucélia Santos conta ser em Alguém Acaba de Morrer lá Fora conta que será a primeira vez que ela e o filho se encontram no teatro. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , ,
30/09/2011 - 16:43

Théâtre Du Soleil chega a SP trazendo 15 toneladas e vasta programação

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (aplauso@gmail.com)

Sempre disposta e sorridente, a diretora Ariane Mnouckine recebeu a imprensa no SESC Belenzinho

SÃO PAULO – A capital paulista é o primeiro porto em que as 15 toneladas dos Náufragos da Boa Esperança (Auroras), a mais recente criação da trupe francesa Théâtre Du Soleil. O espetáculo dirigido por Ariane Mnouchkine, uma das fundadoras da trupe (em 1964 com seus companheiros da Association Théâtrale dês Étudiants de Paris), criado a partir do romance póstumo de Júlio Verne, Les Naufragés Du Jonathan, com dramaturgia de Hélène Cixous, é só o banquete final do vasto cardápio que a companhia francesa oferecerá, a partir de quarta-feira (5), no SESC Belenzinho.

Em meados da primeira década do século 21, em entrevista com Danilo  Santos de Miranda, o diretor regional do SESC São Paulo ressaltou a preocupação do SESC SP em promover, concomitantemente, ações educativas aliadas ao entretenimento, mas, esclareceu ele, “um espetáculo do Théâtre Du Solei, por si só é educativo. Acredito que os bons espetáculos são assim, auxiliam na educação humana, colocando o homem numa condição de diálogo com seu tempo e espaços”.

Danilo Santos Miranda, diretor regional do SESC SP, por Isabel D'Elia

Entretanto, seguindo os moldes de 2007 quando o Théâtre Du Soleil apresentou Os Efêmeros (Les Éphémères), o SESC São Paulo concretiza sua vocação formativa ambientando o público no universo dessa trupe francesa por meio de oficinas, workshops, encontro com o público, exibição de documentários, entre outros.

INSCREVA-SE JÁ!

Programação Especial – SESC SP – Théâtre du Soleil 2011

Encontro com o público: Dia 20/10 – Quinta, às 13h – SESC Belenzinho

O processo de trabalho da Companhia e o novo espetáculo, com Ariane Mnouchkine

A encenadora participa de debate sobre a trajetória do Théâtre du Soleil e seus processos de criação.

Praça de Eventos (Tenda) – SESC Belenzinho (585 lugares)

Grátis. Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência – até enquanto houver disponibilidade de lugares.

Oficinas com o Théâtre du Soleil – SESC Belenzinho

Dias 13, 14 e 15/10 – Quinta, sexta e sábado

Denominadas “estágios”, as atividades ministradas por integrantes da Companhia tem como base a improvisação e jogos cênicos a partir de temas musicais. Com a orientação de Juliana Carneiro da Cunha, Maurice Durozier, Duccio Bellugi, Serge Nicolaï e Olivia Corsini.

Horários: 9h às 12h e 13h às 16h (Carga horária de 18 horas – 6 horas/dia)

Sala de Espetáculos II – SESC Belenzinho

40 vagas. Para maiores de 16 anos interessados na arte teatral, estudantes de teatro, atores amadores e profissionais. (Os participantes devem ter disponibilidade para os 3 dias do curso, consumir alimentação leve e usar roupas confortáveis e de cores neutras e lisas – sem “marcas” aparentes ou estampas)

R$ 30,00; R$ 15,00 (usuário matriculado, acima de 60 anos e estudante com carteirinha). R$ 7,50 (trabalhador no comércio e serviços matriculado e dependentes).

Inscrições pelo e-mail: theatredusoleil@belenzinho.sescsp.org.br até o dia 07/10, mediante envio de breve currículo e carta de interesse. Os selecionados devem ser informados por e-mail até o dia 11/10 e a participação é confirmada somente após o pagamento nos dias 11 ou 12/10, na Central de Atendimento do SESC Belenzinho.

Workshop – Dias 21 e 22/10 – Sexta e sábado

A pesquisa musical e a criação para a cena, com Jean-Jaques Lemêtre – CEM (Centro Experimental de Música) – SESC Consolação

O músico, compositor e intérprete coordena esta oficina em que aborda o trabalho de produção de trilhas sonoras para teatro e cinema.

Dias 21 e 22/10 – Sexta e sábado

Horário: 13h às 16h (Carga horária de 6 horas – 3 horas/dia)

CEM (Centro Experimental de Música) – SESC Consolação

Rua Dr. Vila Nova, 245

30 vagas. Para maiores de 16 anos, com ou sem experiência, professores de música, atores e bailarinos. (Não é necessário saber tocar um instrumento para participar do curso)

R$ 30,00; R$ 15,00 (usuário matriculado, acima de 60 anos e estudante com carteirinha). R$ 7,50 (trabalhador no comércio e serviços matriculado e dependentes).

Inscrições pelo e-mail: Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Notas e Oportunidades Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
21/01/2011 - 17:44

Marcelo Médici volta em dose dupla

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Marcelo Médici como a Mãe Jatira

Mal acaba de gravar a telenovela Passione, o ator Marcelo Médici volta a todo vapor com seus projetos teatrais. Em um deles, A Noviça Mais Rebelde, que re-estreia amanhã no Teatro Renaissance, assina a direção, e em Cada Um Com Seus Pobrema, que faz duas semanas de temporada – a partir de hoje – no Citibank Hall, onde ele apresenta os mais hilários tipos sob atenta e dinâmica direção de Ricardo Rathsman.

Em Cada Um Com Seus Pobrema, a espinha dorsal é a história de um ator de teatro que desiste de fazer seu espetáculo aquela noite e, enquanto tira a maquilagem, recorda de sua tumultuada trajetória teatral, de personagens que já viveu – como a deliciosa apresentadora infantil, Tia Penha, que, entre outras particularidades, detesta crianças.

LEIA TAMBÉM: Piada é com ele; porrada, se for o caso

A Noviça Mais Rebelde Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
02/09/2010 - 20:23

Começa hoje o Mirada

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

"Espia Una Mujer Que Se Mata"

Dada a largada para a primeira edição do Mirada – Festival Ibero-Americano de Teatro – do SESC de Santos que homenageia o teatro argentino nessa edição.

Com programação diversificada, além de espetáculos do Brasil, México, Colômbia, Espanha e Portugal, entre outros, o Mirada terá exposições, lançamento de livros e atividades formativo-educativas.

"Urtain"

LEIA TAMBÉM


Vem aí o festival ibero-americano do SESC


Uma cultura que provoca e educa é foco de Mirada



Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , ,
10/08/2010 - 03:43

Uma cultura que provoca e educa é foco de Mirada

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Peça argentina, "Lote 77"

O diretor regional do SESC SP, Danilo Santos de Miranda clarificou dois pontos de seu ideário. Um deles diz respeito à vocação educativa do SESC – “nenhuma ação cultural do SESC está desvinculada de uma ação educativa” -, o outro tem a ver com o que imagina sobre a arte: “a arte que não provoca é entretenimento”, recorreu à citação do sociólogo e pensador francês, Edgar Morin.

Com base em tais definições e nas atividades que permeiam as apresentações que ocuparão desde teatros tradicionais a espaços abertos dos bairros periféricos de Santos, objetivando transformar esses espaços públicos por meio do teatro, atividades como mesas-redondas, bate-papos, exposições, lançamento bibliográfico etc., tem, também, a vocação da formação do público que comparecer ao Mirada tornando-o mais crítico e preparado.

"El Foc Del Mar", espetáculo espanhol

LEIA TAMBÉM Vem aí o festival ibero-americano do SESC

Saiba mais sobre o Mirada clicando aqui.

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , ,
09/08/2010 - 18:50

Vem aí o festival ibero-americano do SESC

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

"El Dessarollo de la Civilización Venidera", do dramaturgo e diretor argentino Daniel Veronese

Numa solene e teatral cerimônia iniciada com o ator Cacá Carvalho interpretando poemas de autores como Kaváfis e Fernando Pessoa, o SESC São Paulo abriu a noite da última quinta-feira para anunciar o Mirada – Festival Ibero-Americano de Artes Cênicas de Santos que trará cerca de 31 espetáculos de 12 países diferentes entre 2 e 11 de setembro na cidade de Santos.

Essa primeira edição do Mirada que, segundo Danilo Santos de Miranda (Diretor Regional do SESC SP), pretende “aproximar culturalmente” os países latino-americanos, bem como os pertencentes à península ibérica (Espanha e Portugal), é dedicado ao teatro argentino, precisamente o que se produz nas artes cênicas de Buenos Aires.

“Não acredito num acordo entre países se não houver, também, uma interação cultural”, afirmou Danilo Santos de Miranda.

Assertivamente, Danilo pontuou que, apesar da proximidade geográfica e, há alguns anos, econômica dos países componentes do Mercosul, há pouca interação entre o que é apresentado nos palcos latino-americanos e aqui.

Mesmo que festivais ibero e latino-americanos sejam, respectivamente, apresentados pela Secretaria de Estado de Cultura de São Paulo (graças ao esforço de Fernando Calvozo do Memorial da América Latina) e pela Cooperativa Paulista de Teatro (CPT) em parceria com a Petrobrás, além de festivais internacionais – como o FILO de Londrina e o FIT em São José do Rio Preto), há muito que se trocar com los hermanos latino e ibero-americanos, por isso um festival de tal porte, o Mirada, é mais que bem-vindo.

Saiba mais sobre o Mirada clicando aqui.

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , ,
Voltar ao topo