Publicidade

Publicidade

03/02/2012 - 23:27

Municipal de SP comemora 90 anos da Semana de Arte Moderna

Compartilhe: Twitter

Luís Francisco Wasilewsk, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

SÃO PAULO – Entre os dias 15 e 26 de fevereiro, o Theatro Municipal de São Paulo apresentará uma programação especial em comemoração aos 90 anos da Semana de Arte Moderna de 1922, que ocorreu entre 13 e 17 de fevereiro daquele ano no próprio Municipal. São duas óperas – uma delas, Magdalena, de Villa-Lobos, nunca encenada em São Paulo -, um espetáculo de dança inédito e dois concertos.

Compositores e autores dessas obras participaram da Semana de Arte Moderna de 1922 (Villa-Lobos e Mario de Andrade) ou foram influenciados por ela (Camargo Guarnieri, Radamés Gnatalli, Lorenzo Fernandez).

A programação está assim dividida:

FEVEREIRO:15 qua 20h, 17 sex 20h, 19 dom 18h, 23 qui 20h, 25 sab 20h Magdalena.Ópera em 2 atos de Heitor Villa-Lobos. Produção original do Theatre du Chatelet – Paris – 201 Orquestra Sinfônica Municipal, Coral Lírico Municipal e Coral Infantil Heliópolis. Luís Gustavo Petri – direção musical e regência. Mário Zaccaro – regente do coro. Kate Whoriskey – direção cênica. Derek McLane – cenografia. Paul Tazewell – figurinos. Alexander Koppelman – desenho de luz. Warren Adams – coreografia. Elenco: Rosana Lamosa (Maria);  Luciana Bueno (Teresa);  Rubens Medina (Pedro);  Sávio Sperandio (General Carabaña);  Saulo Javan (Padre José);  Miguel Geraldi (O Velho Homem); Paulo Queiroz (Zoggie);  Pedro Ometto (Major Blanco) Duração: (1º. ato: 55’ – intervalo de 20’- 2º. ato: 40’- total: 1h55’) Ingressos: R$ 100,00; R$ 60,00 e R$ 40,00.

A ópera Magdalena, de Heitor Villa-Lobos, com libreto dos americanos Robert Wright e George Forrest, fez sua estreia na Broadway em 1948 e teve sua première brasileira apenas em 2002, no Festival Amazonas de Ópera, em Manaus, com versão em português de Cláudio Botelho. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Notas e Oportunidades Tags: , , , , , , , ,
Voltar ao topo