Publicidade

Publicidade

09/04/2012 - 20:47

Parlapatões abrem o 54º Festival Santista de Teatro

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Parlapatões apresentam "Ridículos Ainda e Sempre"

SANTOS – Entre os dias 13 e 21 de abril, acontece na cidade de Santos, litoral paulista, o Festa 54 (Festival Santista de Teatro). Durante os nove dias de programação, a cidade terá sessões de teatro adulto, teatro infantil, teatro de rua, Mostra Paralela, oficinas, debates, shows e saraus. A abertura será na próxima sexta-feira (13), 20h, no Teatro Municipal Braz Cubas com o espetáculo Ridículos Ainda e Sempre, dos Parlapatões.

Patrícia Galvão, mais conhecida como Pagu, realizou a primeira edição do Festa em 1958 com o objetivo de estimular a cultura na cidade e colocá-la no mapa das artes cênicas do país. O Festa é considerado o festival de teatro mais antigo em atividade do Brasil. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , , , , , , ,
18/01/2012 - 21:33

Os Ridículos dos Parlapatões estão de volta

Compartilhe: Twitter

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

"Ridículos, Ainda e Sempre" - Abhiyana, Raul Barretto, Jacqueline Obrigon,Hugo Possolo e Hélio Pottes - Créditos para Lucas Arantes (1)

O espetáculo que estreou em setembro de 2011, no dia do aniversário de 5 anos do Espaço Parlapatões, está de volta para apresentações todas as  sextas-feiras, à meia-noite.

SÃO PAULO – Para Hugo Possolo, Ridículos Ainda e Sempre é uma peça que procura representar a alegria da existência do grupo há 20 anos sendo tão bem recebido pelo público.

“O sucesso imediato é uma doença de nossos dias e nos sentimos numa posição privilegiada quando vemos que estamos tanto tempo interessando o público com o teatro que fazemos”, completa o diretor. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , ,
09/10/2011 - 17:28

No aniversariante Espaço dos Parlapatões duas comédias com tutano

Compartilhe: Twitter

Afonso Gentil, especial para o Aplauso Brasil (aplauso@gmail.com)

Hugo Possolo atua e dirige "Ridículos Ainda e Sempre"

SÃO PAULO – É tempo de festa. Esqueçamos, pois, as passagens de recentes montagens  de cunho   “folclórico estético” de diretor da região do Baixo Augusta, um, e de um autor-carrapicho (aquele  que clona os famosos e assina embaixo), outro. Porque a redenção está aí em cartaz com duas comédias de alto gabarito, duas verdadeiras jóias de “humor com tutano”  Ridículos Ainda e Sempre (sábados e domingos) e E O Vento Não Levou (terças e quartas-feiras), ambas no Espaço dos Parlapatões. São comédias para equipes sintonizadas com a inteligência criativa.

Ir ao teatro é um costume de tradição cultural, na qual nós brasileiros ainda engatinhamos, em comparação com a milenar Europa. Daí a oportunidade de recebermos dois espetáculos com os pés fincados no maluco, mas, refinado humor do russo Daniil Kharmas  e no divertidamente comprometido  empenho ético-social do norte-americano Ron Hutchinson. Ambos os autores têm o condão de nos projetar para mundos civilizados  em poucos instantes, provando que para ser “culto” não são indispensáveis maneirismos e provocações  estéticas “folclóricas”. Basta ser sincero, no sentido amplo de pátria, de origem.

LEIAS AS CRÍTICAS DE

RIDÍCULOS AINDA E SEMPRE – HUGO E EQUIPE OUSAM AINDA E SEMPRE

E O VENTO NÃO LEVOU Uma surpresa trazida por ventos agitados

SERVIÇO:

Ridículos Ainda e Sempre. Espaço Parlapatões /Praça Roosevelt, 158 – telefone 3258-4449 / 96 lugares /. Sábados, 21h, e domingos, 20h / R$ 40 (inteira) / até 23/Outubro

E o Vento Não Levou. Espaço Parlapatões /Praça Roosevelt, 158 – telefone 3258-4449 / 96 lugares /.  Terças e quartas. 21 horas / R$ 30,00 (inteira) / até 14-Dezembro

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , , , , , , , ,
09/10/2011 - 16:58

Hugo e equipe ousam ainda e sempre

Compartilhe: Twitter

Afonso Gentil, especial para o Aplauso Brasil (aplauso@gmail.com)

Parlapatões comemora aniversáriode seu Espaço com "Ridículos Ainda e Sempre"

SÃO PAULO – O nonsense do russo Kharmas ganha perfeita sintonia com o surrealismo  que tem sido, desde seu começo, marca maior do jogo circense do grupo Parlapatões . Uma sucessão hilária de esquetes com personagens em situações inusitadas, remete-nos ao mundo dúbio do confronto entre real e o onírico, como em nossas cotidianas vidas. Porque a vida é sonho, já assim disse mais de um autor, além de Calderón de La Barca.

No elenco, pequeno, porém de vigorosa múltipla participação temos um Hugo Possolo incorrigível – e corrigir o quê e por quê? –não dando margem para momentos mortos, improváveis de invadirem um palco onde esteja o excepcional comediante. Raul Barreto faz, de forma personalíssima, o gênero clown estóico, que fez a imortalidade do comediante do cinema mudo de Hollywood,  Buster Keaton. A versátil Jacqueline  Obrigon mostra-nos , sem desnecessários esforços, como se consegue ser versátil sem cair no estereótipo. A jovem atriz Abhiyana e Hélio  Portes, figura costumeira nos momentos de anárquica sátira, completam   o elenco. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , , , ,
Voltar ao topo