Publicidade

Publicidade

15/07/2012 - 18:04

Christiane Torloni estreia como bailarina

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Teu Corpo é Meu Texto"

SÃO PAULO – A Studio3 Cia. de Dança, que recentemente fez apresentações no Teatro Municipal de São Paulo com o espetáculo Samba Suor Brasileiro, estreia Teu Corpo é Meu Texto, no Teatro Sergio Cardoso. A Cia. é uma parceria entre o coreógrafo e diretor artístico Anselmo Zolla, o diretor Teatral José Possi Neto e as diretoras Evelyn Baruque, Liliane Benevento e Vera Lafer. As apresentações serão na segunda (16), terça (17) e quarta-feira (18).

A atriz Christiane Torloni está ao lado de 11 bailarinos e vive uma Deusa da arte e da sabedoria, que, através da dança, tenta despertar os homens para o sonho e para a poesia. Além de dançar, Christiane narra textos de Eduardo Ruiz. A ação acontece à noite, num jardim ancestral.

Teu Corpo é Meu Texto faz reverência aos grandes nomes da dança clássica e tem como objetivo evocar a arte como modo de perpetuar a poesia e o sonho entre os humanos. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Dança, Música e Cinema Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,
03/06/2012 - 20:58

Samba Suor Brasileiro mergulha no samba

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Samba Suor Brasileiro"

SÃO PAULO – O espetáculo traz ao palco do Teatro Municipal de São Paulo, nas próximas terça-feira (5) e quarta-feira (6), o Studio3 Cia. de Dança, sob a direção de José Possi Neto. A coreografia de Anselmo Zolla e as canções são interpretadas ao vivo por Zizi Possi, Paula Lima e Felipe Venâncio.

Samba Suor Brasileiro une música e dança com o objetivo de recuperar o ritmo dos batuques, das senzalas e das rodas de samba, sem deixar de lado o fascínio das escolas de samba da atualidade, a sensualidade e a sexualidade que os movimentos exploram. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): DESTAQUE, Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
01/02/2012 - 13:50

Premiada companhia mineira estreia o espetáculo Olá, Pessoa em SP

Compartilhe: Twitter

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

Mineiros apresentam "Olá, Pessoa"

SÃO PAULO – Fundada por Carlos Gradim e Yara de Novaes, a premiada Odeon Companhia Teatral estreia o espetáculo Olá, Pessoa amanhã, às 21h, no Teatro Studio 184, na Praça Roosevelt.

Livre adaptação do dramaturgo e ficcionista Edmundo de Novaes Gomes para o livro E Ninguém Tinha Nada Com Isso, de Marcelo Garcia, o monólogo é protagonizado por Alexandre Cioletti e dirigido por Carlos Gradim.

Com curta temporada, a peça fica em cartaz somente até 12 de fevereiro.

A ideia de montar Olá, Pessoa surgiu em um encontro entre o diretor Carlos Gradim e o autor Marcelo Garcia, que na época era secretário municipal do Rio de Janeiro.

“Ele me apresentou o livro e eu adorei a forma como a homossexualidade é abordada. Além disso, a maneira como a história se conduz é muito envolvente e, portanto, decidi levá-la para o palco”, diz Carlos.

Para construir o espetáculo de forma menos tradicional, Carlos Gradim optou por encenar a peça permitindo a manifestação da plateia. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , ,
22/11/2011 - 16:14

Pornô inaugura o Studio SP Vila Madalena

Compartilhe: Twitter

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

Personagens querem ficar famosos fazendo filme pornográfico

SÃO PAULO – Trainspotting foi um dos filmes mais marcantes da década de 1990. Agora, sob a direção de Gustavo Machado, a peça Pornô – Falcatrua Nº 18.633, de Irvine Welsh e dramaturgia de Eduardo Ruiz, apresenta o reencontro daqueles amigos, que eram personagens do filme. Dez anos depois, a turma se encontra  para a realização de um filme pornográfico.

Com a proposta de sair do teatro – assim como em sua primeira temporada, que aconteceu no Vegas Club no início de 2010 – as atrizes e produtoras Abhiyana e Ana Nero, levam a peça para inaugurar o Studio SP da Vila Madalena. Um espaço ideal para apresentar a trama que se passa em mesa de bar, com drinks, música e o perfume da noite. O público ainda poderá curtir a festa que o Studio apresentar na sequência.

Irvine Welsh é um autor sem piedade. Usa com maestria o choque, a violência, a banalização do sexo como arma poderosa de críticas. Quando trouxe ao cinema, com Trainspotting, uma geração buscando  algo nas drogas, retratou uma modernidade que, mesmo dispondo de tantas opções, beirava o vazio.

Dez anos depois as mesmas personagens se reencontram. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , ,
29/03/2010 - 22:17

Livro Love Letters Of Great Men inspira espetáculo de dança

Compartilhe: Twitter

Antonio Júnior (junior@aplausobrasil.com)

Cia. Sociedade Masculina de Dança e Studio 3 dançam juntas

A Cia. Sociedade Masculina – única do País formada exclusivamente por homens – e o Studio3 Cia. de Dança apresentam Para Todo O Sempre, nesta terça-feira (30), no Teatro Alfa, em São Paulo. Numa iniciativa de Vera Lafer e Adriane Galisteu, a renda obtida será totalmente revertida ao Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em prol do tratamento de pacientes com AIDS. Cada ingresso custa R$ 120 (R$ 60 meia-entrada).  Também estarão à venda no foyer do teatro camisetas da campanha De Cara com a Vida, assinadas pela Iódice.

Inspirada no livro Love Letters of Great Men, de Úrsula Doyle, a montagem concebida pelo coreógrafo Anselmo Zolla unifica em cena o trabalho das duas companhias. A criação transmite impressões de amor nas variadas formas. Elas tornam-se o fio condutor da dança contemporânea para retratar sentimentos de paixões arrebatadoras e finitas, assim como também o desfecho matrimonial.

Subdividida em quatro tempos – cada um baseado em uma carta de amor – a coreografia percorre nuances típicas do sentimento amoroso como a expressão do desejo animal, afeto romântico, protecionismo, zelo e término do relacionamento. Sua concepção traz sequências distintas, sem interlocução entre uma passagem e outra, com um olhar moderno sob a dança por meio do trabalho cênico-teatral que será utilizado pela primeira vez pelas companhias. Para transição temática da dança, as cartas de amor que serviram de inspiração serão recitadas ao vivo para o público presente, por meio de um bailarino-ator. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Dança, Música e Cinema Tags: , , , , , , , , ,
Voltar ao topo