Publicidade

Publicidade

23/08/2012 - 18:22

Um Verão Familiar: novo trabalho da Cia. dos Inquietos

Compartilhe: Twitter

Maurício Mellone, editor do Favo do Mellone site parceiro do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Ed Moraes em "Um Verão Familiar"

Com texto de João Fábio Cabral e direção de Eric Lenate, o grupo esmiúça a estrutura de uma família por meio do olhar e da memória de Júlio, o filho, vivido por Ed Moraes

SÃO PAULO – Num cenário de poucos elementos,  apenas uma mesa de jantar com cadeiras e um grande tonel de água, Um Verão Familiar, trama de João Fábio Cabral em cartaz no SESC Belenzinho até o dia 9 de setembro, procura analisar em minúcias os bastidores de uma família, constituída de quatro membros: o pai ausente e ao mesmo tempo opressor, a mãe submissa e superprotetora dos rebentos, a filha ingênua, vítima do progenitor, e o primogênito: um garoto sensível, amante das artes e por ser o oposto do pai é sistematicamente oprimido no seio familiar.

No entanto, o público vai descobrindo, aos poucos, como funciona aquela família por meio do relato de Júlio, que retorna ao lar anos depois e relembra o que viveu na infância e adolescência ao lado da família. Como tudo é fruto da memória do rapaz, fica a dúvida do que realmente aconteceu naquele lar, o que é realidade e o que é fantasia dele.

Depois de um grande silêncio, Júlio — numa interpretação tocante de Ed Moraes —, até então submerso no tonel de água, vem à tona e começa seu relato. Inicia sua apresentação dizendo-se ser um jardineiro, amante das flores e das artes. Aos poucos diz que sua paixão pela música vem da infância e suas reminiscências afloram.

Paralelamente ao relato do personagem, Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores Tags: , , , , , , , , , , ,
15/08/2012 - 18:04

Texto inédito de João Fabio Cabral estreia no SESC Belenzinho

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Ed Moraes em "Um Verão Familiar" - foto de Gustavo Porto

SÃO PAULO – O espetáculo Um Verão Familiar, de João Fábio Cabral, fala da complexidade das relações familiares e tem um elenco formado por Ed Moraes, João Bourbonnais, Lavínia Pannunzio e Renata Guida, da Cia. dos Inquietos. A estreia é amanhã, no SESC Belenzinho, às 21h30. A direção é de Eric Lenate.

Um Verão familiar apresenta a trajetória de um homem simples e solitário, Júlio (Ed Moraes), que reencontra a sua família e revive os dramas e angústias que sempre estiveram presentes na sua relação com os seus parentes.

São personagens solitários que tentam conquistar um relacionamento saudável, mas vivem prisioneiros de um cotidiano em que a loucura e a falta de amor ao próximo impedem a felicidade. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , ,
09/03/2010 - 23:49

Clássico de Shakespeare com referências da cultura popular brasileira

Compartilhe: Twitter

Antonio Júnior (junior@aplausobrasil.com)

Estreia SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO

O grupo Clã – Estúdio das Artes Cômicas apresenta o clássico de Shakespeare, Sonho de uma Noite de Verão, em uma encenação ímpar, remetendo ao cordel brasileiro. O grupo fica em cartaz a partir desta sexta-feira (12) até o dia 18 de abril, no Teatro Paulo Eiró. A direção é de Cida Almeida e produção de Sofia Papo. A tradução do texto shakespeariano é de Bárbara Heliodora.

A montagem é construída no universo da cultura popular brasileira, guiando-se pelo circo e pelo uso de máscaras cômicas – marca registrada do grupo –, fazendo referências ao cordel brasileiro, tudo com muita música e dança regionalizadas – executadas ao vivo pelos próprios atores. O grupo constroi uma ponte entre o clássico e o popular. Características do texto original, como o andamento ligeiro dos acontecimentos, a trama cerrada e as fulminantes soluções cênicas são potencializadas nessa montagem. A intenção do grupo é trazer a tão famosa peça de Shakespeare para a realidade da cultura brasileira. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , ,
08/02/2010 - 15:42

Tá, e aí?! faz duas apresentações no Porto Verão Alegre

Compartilhe: Twitter

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (michelfernandes@superig.com.br)

Peça é toda improvisada

Peça é toda improvisada

Depois de seis meses longe dos palcos, o espetáculo Tá, e aí ?! volta à cena teatral da capital gaúcha para nova temporada, nos dias 10 e 11 de fevereiro, às 21h, no Teatro Renascença. A peça integra a programação do Porto Verão Alegre, projeto que agrega diversos espetáculos gaúchos nesta época do ano.

A partir de técnicas de improvisação os atores do Clube da Patifaria propõem uma interação com o público. A ideia é ter a maior participação possível dos espectadores inclusive na criação das cenas e no desenvolvimento do espetáculo, que depende muito do jogo que é proposto pelo espectador.

Tá, e aí?! assume como uma de suas influências o trabalho do grupo paulistano Jogando no Quintal, que há nove anos faz sucesso com um espetáculo, onde a participação do público é fundamental para que ele aconteça. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Matérias Tags: , , , ,
13/10/2009 - 16:24

Neyde Veneziano estreia em Santos De Onde Vem o Verão

Compartilhe: Twitter

Luis Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com) 

Neyde Veneziano encena peça de Soffredini

Neyde Veneziano encena peça de Soffredini

 

Na semana em que o grande autor santista, Carlos Alberto Soffredini, comemoraria seus 70 anos, a cidade de Santos poderá assistir à estreia de um de seus textos mais premiados, De Onde Vem o Verão, dirigido pela, também santista, Neyde Veneziano.

Soffredini começou a produzir textos teatrais em 1967, em Santos, enquanto fazia teatro no TEFFI – Teatro Escola da Faculdade de Filosofia. Dentre suas obras memoráveis destacam-se O Pássaro do Poente, Na Carrera do Divino (que teve notável encenação de Paulo Betti com o Pessoal do Victor), Vem buscar-me Que Ainda Sou Teu, Mais Quero Asno que me carregue que Cavalo que me Derrube. Para a TV escreveu novelas como Brasileiras e Brasileiros. A partir da obra de Soffredini, Luis Alberto de Abreu e Luiz Fernando Carvalho criaram a mini-série Hoje é dia de Maria.

Segundo Neyde Veneziano, “Soffredini, ao lado de Nelson Rodrigues e Plínio Marcos, está entre os maiores dramaturgos do Brasil. Sua obra representa poeticamente o povo brasileiro, com suas crenças, seus costumes e até suas safadezas, em dias quentes de verão”.

 Para a diretora, “Soffredini levou para o teatro os seus vizinhos dos bairros santistas, tornando-os líricos e antológicos. A peculiar prosódia santista salpicada de frases estrambóticas surge nas deliciosas falas dos personagens como: “tu foi?…, tu viu?…, tu sabe como são as coisa?… bregada, viu?”

 De Onde Vem o Verão mostra a história de Marlene (Renata Soffredini), uma costureira de vestidos de noiva que vê, de sua janela, o mundo se modernizar. Ao lado da mãe (Laura Lavorato), Marlene passa a viver um grande conflito. Pela janela, ela conhece Natalino (Daniel Meirelis), um pedreiro da obra que está sendo construída na frente de sua casa. E Marlene se apaixona. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo