Publicidade

Publicidade

09/09/2011 - 16:13

Teatro de graça no CIEE

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplauso@gmail.com)

"A Aurora da Minha Vida", de Naum Alves de Souza, dirigido por Bárbara Bruno tem apresentações gratuitas no Teatro da CIEE

O Teatro CIEE recebe, a partir de amanhã (10), a temporada, gratuita, de A Aurora da Minha Vida durante todos os sábados, 20h, e domingos, 19h. Com coreografia de Paulo Goulart Filho, a peça tem direção de Barbara Bruno, texto de Naum Alves de Souza, cenário e figurino de Marcello Jordan e Naum Alves de Souza e trilha originalmente composta e direção musical do Maestro Amalfi.

A Aurora da Minha Vida se passa dentro de uma sala de aula em uma escola dos anos 1970. É baseada na própria experiência do autor como aluno e professor.

“Dividida em vários quadros, a peça mostra as relações e conflitos entre alunos e professores e o sistema escolar repressor e antidemocrático de uma maneira leve e divertida. Tudo vem à tona nos personagens denominados por suas características ou funções: diretor, padre, professor e os alunos, num tempo de grandes revoluções, de desejo de liberdade e de muita palmatória para o próprio bem. É uma obra sobre a crueldade das relações, mas envolvida numa capa de poesia criada pelo humor muito singular de Naum e, sobretudo, pelo âgulo saudoso através do qual ele enfoca o passado”.

No elenco estão Clarissa Mayoral, Clóvis Gonçalves, Eliete Ciggarini, Gilmar Guido, Rafael Melo, Roberto Arduin, Salete Fracarolli e Vanessa Goulartt. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , , , , ,
05/08/2010 - 15:24

Veja galeria de fotos de Morte e Vida Severina

Compartilhe: Twitter

[slideshow id=14]

Serviço:

Morte e Vida Severina

Oficina Cultural Mazzaropi  (onde funciona também a SP Escola de Teatro), à Avenida Rangel Pestana, 2401, Brás/ fones 2292-7071 e 2292-7711 SOMENTE NESTE SÁBADO (7 DE AGOSTO) ÀS 20 HORAS E NO DIA SEGUINTE ÀS 19 HORAS.

Autor: - Categoria(s): Multimídia Tags: , , , ,
05/08/2010 - 14:49

Morte e Vida Severina faz o Brás tremer

Compartilhe: Twitter

Afonso Gentil, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Morte e Vida Severina" apenas neste sábado e domingoComo dizia uma mítica Maria José de Carvalho, nos lendários tempos da Escola de Arte Dramática do Dr. Alfredo Mesquita, “no teatro, inspiração é tudo!”. Ou como diríamos nós hoje em dia, “quase tudo”, porque fazer teatro está “pela hora da morte!”.

Esta empolgante montagem de Morte e Vida Severina (veja “serviço”), na Oficina Cultural Amácio Mazzaropi (onde funciona também a SP Escola de Teatro), no Brás, é uma inequívoca demonstração da criatividade e da inspiração plenas de que é senhor  o diretor Moisés Miastkwosky, figura inexplicavelmente preterida pelos produtores, mas ,invariável e merecidamente ,premiada em festivais de teatro local e alhures. Os jovens de hoje já devem ter ouvido falar do poema (ou Auto de Natal), Morte e Vida Severina, de João Cabral de Melo Neto, um dos expoentes da safra literária poética do Nordeste brasileiro, que reinou no panorama cultural desde meados do século 20.  João Cabral percorre os misteriosos caminhos onde a Morte precede a Vida Severina, aquela “que é a morte onde se morre de velhice aos trinta, de  emboscada antes dos vinte, de  fome um pouco por dia.” Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , , ,
Voltar ao topo