Publicidade

Publicidade

12/04/2012 - 23:12

A plateia bate palma e pede bis

Compartilhe: Twitter

Maria Lúcia Candeias*, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Sylvia Bandeira vive Marlene Dietrich

SÃO PAULO – E não é para menos. Parece que a gente está participando de um show maravilhoso e íntimo que nos apresenta pessoalmente ninguém menos do que Marlene Dietrich em Marlene Dietrich – As Pernas do Século, de Aimar Labaki, em cartaz no Teatro Nair Bello (Shopping Frei Caneca). Tudo bem simples, sem os exageros da Broadway. Mas em compensação Sylvia Bandeira nos leva para passear na Alemanha, na França e até no Brasil, cantando as músicas da época tão bem que não dá pra saber se quem canta melhor Non, Je Ne Regrette Rien é ela ou a Edith Piaf.

É simplesmente fantástico, ainda mais que contracenam com ela José Mauro Brant, Márcia Luna Cabral e Silvio Ferrari – os três com larga experiência em musicais – fazendo papeis variados neste musical, surpreendendo  o tempo todo pela qualidade do trabalho seja como atores seja como cantores. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , , , , , , , , ,
10/04/2012 - 20:27

Rodrigo Lombardi vive no palco o mito de Dom Juan

Compartilhe: Twitter

Maurício Mellone, editor do Favo do Mellone site parceiro do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

O ator Rodrigo Lombardi protagoniza clássico de Molière

Montagem do clássico de Moliére é assinada por William Pereira, responsável também pela cenografia e trilha sonora. No elenco, ao lado de Rodrigo estão Eduardo Estrela, Clarissa Kiste e Roberto Arduim entre outros

SÃO PAULO – Moliére há mais de 400 anos debruçou-se sobre o mito do sedutor e galanteador Dom Juan e não é por acaso que seu texto é um clássico até os nossos dias. Em tempos de conquistas pela internet e relações fugazes e descartáveis, nunca as artimanhas da conquista de um personagem tão elegante e sedutor como Dom Juan calam tão fundo nas plateias atuais.

No espetáculo Dom Juan, em cartaz no Teatro Raul Cortez, o ator Rodrigo Lombardi faz o personagem título, William Pereira assina a direção e o professor Jorge Coli foi o responsável pela tradução do texto de Moliére.

“Não vamos nos preocupar com o mal que pode nos acontecer, vamos nos preocupar com o que pode nos dar prazer.” Esta frase é a síntese do sedutor Dom Juan, mas poderia ser atribuída a qualquer conquistador de hoje, que utiliza os meios virtuais para seus galanteios e amores fortuitos. O diretor vê no texto clássico de Moliére uma atualidade e mais do que comédia, a peça é uma “quase tragédia”: Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
24/06/2010 - 16:48

Daniel Dantas e Renata Sorrah protagonizam Macbeth

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Renata Sorrah e Daniel Dantas protagonizam "Macbeth"

Quando Macbeth, tragédia de William Shakespeare sob direção de Aderbal Freire-Filho, esteve no último Festival de Curitiba, por engano de redação do guia que traz as peças participantes do Festival, a peça apareceu como Lady Macbeth. Mesmo sem o “Lady” do título, o espetáculo que estreia amanhã no Teatro Paulo Autran (SESC Pinheiros), protagonizado por Daniel Dantas e Renata Sorrah, traz interpretação inesquecível da atriz.

No caminho de volta para casa, ao lado de Banquo (Thelmo Fernandes), vencedor de uma batalha em que comandava o exército, Macbeth (Daniel Dantas) encontra três velhas feiticeiras (Andrea Dantas , Edgard Amorim e Felipe Martins) que predizem seu futuro: será o novo rei.

Ao chegar em casa, conta sobre a previsão à esposa, Lady Macbeth (Renata Sorrah), que começa a convence-lo à matar o Rei Duncan (Camilo Bevilacqua) e apressar o destino tornando-se rei. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , ,
Voltar ao topo